quinta-feira, 10 de junho de 2010

CCZ de Governador Valadares

Extermínio de cães revela o descaso do CCZ de Governador Valadares
01 de fevereiro de 2010


Imagem final do holocausto no CCZ de Governador Valadares. Foto: Anderson Ferreira De Mello

Mais uma denúncia de descaso e crueldade está indignando não só protetores de animais, como a sociedade. O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Governador Valadares (MG) continua com a prática arcaica, violenta e totalmente desnecessária de exterminar os cães que recolhe das ruas.

Ao contrário do que se afirma, tal prática não pode ser denominada eutanásia, uma vez que os animais assassinados são saudáveis e podem ter a chance de encontrar novos lares e ser adotados.

A denúncia foi feita por Márcia Cristina Almeida de Oliveira, cidadã valadarense, que resolveu fazer uma campanha para adoção de cães, pois o CCZ, por conta de um surto de leishmaniose que teve início em 2008, começou a recolher indiscriminadamente os cães da cidade. Essa “caça aos cães” ainda está sendo feita, sem distinção: os agentes de saúde vão à casa de cidadãos, recolhem sangue de seus cães e, após certo tempo, esses mesmos agentes, que não são veterinários, retornam com um resultado de exame positivo e recolhem os cães.

Como provar qual exame de qual cão deu positivo? Segundo Anderson Ferreira De Mello, morador da cidade que esteve no CCZ, a “identificação do animal” na etiqueta do frasco de sangue é feita como neste exemplo: “cão preto, de pequeno porte e peludo”. Quantos cães têm essas mesmas características? Seria impossível distinguir os cães doentes dos saudáveis.

Tutores que levaram seus cães a clínicas particulares tiveram resultado negativo no exame para leishmaniose – os mesmos atestados pelo CCZ como positivos. O CCZ não aceita que tais exames sejam válidos. Por isso, como essa parcela da população não permitiu que seus cães fossem levados, foi concedido um mandado de busca e apreensão pelo CCZ, e muitos cães cujos exames deram negativo na iniciativa privada foram retirados de seus lares, com intervenção policial, diante do clamor e do desespero de seus tutores, que nada puderam fazer. Foram sacrificados assim mesmo.

Márcia afirma que as condições do CCZ são muito precárias, sem higiene, com mau cheiro, muitos mosquitos, inclusive o mosquito-palha, que transmite a leishmaniose.

Anderson teve acesso às instalações e relatou que os cães são vacinados contra raiva apenas quando são escolhidos pelo adotante e não quando chegam ao CCZ. Observou animais serem conduzidos com violência, por meio de paus, “para que não tivessem contato com os funcionários”. Também presenciou cães e gatos mortos sendo arrastados e jogados em um caminhão.

O último extermínio ocorreu no dia 27 de janeiro e foi registrado:

Fotos:
Imagem final do holocausto no CCZ de Governador Valadares. Foto: Anderson Ferreira De Mello

Mais uma imagem denuncia o desprezo em relação aos animais que nessa instituição chegam:
Um cão agonizando ao lado de outro saudável. Nenhum socorro, nenhuma assistência. Foto: Anderson Ferreira De Mello

É triste e repugnante notar que, apesar de tantas soluções possíveis para o caso, a administração pública opte pelo que considera mais prático e econômico, sem levar em conta o direito à vida que estes animais possuem, que lhes é legítimo.

Filhotes expostos às péssimas condições no CCZ. Foto: Anderson Ferreira De Mello

A Prefeitura de Governador Valadares deve se pautar no exemplo de outras que já aboliram os maus-tratos e assassinatos em seus Centros de Zoonoses. Os protetores de animais já fazem mais do que deveriam ao, voluntariamente, recolher e procurar lares para cães abandonados – tarefa que deveria caber integralmente à Prefeitura. Castração em massa é a medida principal a ser tomada. O que não pode continuar acontecendo é esse ato injustificável de matar animais. À população, cabe continuar denunciando e exigindo providências de quem tem o poder.

Se você tiver mais informações e quiser denunciar, http://1.bp.blogspot.com/_GWDJjnWduyg/SWASDBY-1vI/AAAAAAAADXE/ZAbyvnYb5qU/s400/plastica+michael+jackson.jpg. A denúncia pode ser feita por qualquer cidadão. Basta pedir confidencialidade que o procurador representará a ação e não quem fez a denúncia.

Mais uma vez TV Globo desrespeita os animais em reportagem
Iraque planeja exterminar um milhão de cães em Bagdá

Comentários

*
1.
Taise (1 de fevereiro de 2010, 07:13), disse:

Toda vez que vejo essas fotos me dá uma revolta muito grande, mais quem fez isso vai pagar, e não adianta funcionário falar que fez porque mandaram, tratam os animais como lixo e lixo são essas pessoas hipócritas.
*
2.
Attilio Massini Juffo (1 de fevereiro de 2010, 10:21), disse:

Um absurdo esse extermínio criminoso e cruel com os animais. A Prefeita Elisa Costa sabe que vem matando animais de forma criminosa e mesmo assim continua matando e matando. Não irei me calar enquanto essa administração continuar com essa crueldade. A Leishmaniose visceral é fácil e barato de tratar com ótimos resultados. Esse link é a prova que podemos curar os animais e acabar com a doença. http://www.fielamigo.com.br/trata/
*
3.
Nadja Santos Araujo (1 de fevereiro de 2010, 11:43), disse:

Isso mostra a incompetência dessa Prefeita. A Leishmaniose é fácil de tratar e não se pode fazer eutanásia em animais com chance de vida. Isso é crime ambiental e queremos justiça!
*
4.
Marisa Gonçalves Maia (1 de fevereiro de 2010, 12:13), disse:

É revoltante ver tanta crueldade. Esse repelente resolve o problema do mosquito palha http://www.fielamigo.com.br/trata/cipermetrina.html
*
5.
olivia (1 de fevereiro de 2010, 18:23), disse:

Mandei essa denúncia até para a rádio CBN…
*
6.
carlos magno (1 de fevereiro de 2010, 19:03), disse:

nós somos responsáveis pelo que cativamos… e não podemos nos permitir presenciarmos tais fatos sem nos repudiarmos contra estes mal feitores… estamos juntos e faremos o que for necessário para que situações abruptas como estas não se repitam… é inadmissível… que em pleno século 21 o bicho homem ainda continua a praticar atos de tamanha crueldade…
*
7.
Márcia Cristina Almeida de Oliveira (2 de fevereiro de 2010, 00:53), disse:

Como autora da denuncia, agradeço a todos os ativistas do pais que incansavelmente tem encaminhado suas denuncias, repudio e apoio incondicional á causa da Libertação Animal em G.V.- MG
Essas cenas “congeladas” nessas fotos, nem de longe, demonstram o que presenciamos no CCZ.Eu, particularmente, fiquei no setor administrativo, e por vezes corri ao meu carro para fechar a porta e ligar o som na maior altura para não ouvir os gritos desses animais.
Há uma semana,tenho dormido cerca de 2 hs por noite.NUNCA MAIS, ESSAS IMAGENS, E OS CLAMORES DESSES AMIMAIS SAIRÃO DA MINHA MENTE!
PRECISAMOS DE AJUDA!
A VIDA AGRADECE!!!
*
8.
Adriano Minatto Scotti (3 de fevereiro de 2010, 09:14), disse:

Márcia, é triste ver cenas como esta..em nossa cidade Criciuma/SC será instalado um CCZ daqui a 3 meses, nossas ONG vai lutar para que este descaso também não aconteca aqui..precisamos torcar a impunidade o mais pública possivel, usando a internet, manifestações e qualquer meio possível. Conte com nossa ajuda, sosviralata@hotmail.com
Um abraço e muita força
*
9.
josiane (3 de fevereiro de 2010, 11:39), disse:

que a justiça divina seja feita, a esses humanos desgraçados…sem forças pra escrever o q estou sentindo… faremos o impossivel pra q isso nao se repita..
*
10.
Georgia Feltrin Rosa (3 de fevereiro de 2010, 21:16), disse:

Realmente é de chocar a capacidade humana de ser insensível ao sofrimento de seres inofensivos e carentes…Basta de tanta violência!!!! Quem convivi e luta por uma sociedade mais amorosa com estes seres vivos, não esquece de nada que vê, isso fica marcado para sempre. Sou voluntária na proteção de animais de Criciúma/SC na Ong SOS Viralata, e admiro o trabaho de todos as Ong’s e seus nesta luta de caminhos tão difíceis e sofridos. Força à todos que ainda existem muitos precisando de nós abanando o rabinho. Conheço o CCZ de Florianópolis em uma visita casual e fiquei impressionado com serviço de Ong que fiscalizam e trabalham lá, o local se assemelha a um hospital de qualidade.Se tiverem oportunidade de conhecer, saberão do trabalho desenvolvido lá que queremos repetir aqui em Criciúma.
Respeito a vida. Basta de crueldade contra animais!!!!!!!!
Abraços
*
11.
Dalmata (11 de fevereiro de 2010, 22:48), disse:

É imperdoável colocar câes sadios junto com cães doentes.A Prefeitura deverá providenciar dois locais, um com cães sádios para visitação e doação e outra com cães doentes para tratamento.É de ficar de boca aberta e rabo entre as pernas diante da Polícia Ambiental que não se manifestou e lembro que aqui em Gov. Valadares, essa Polícia é muito bem equipada. Porém temos que admitir: cães não votam, se votassem, pode ter certeza escolheria melhor os seus governantes.
Espero que está denúncia pelo menos salve os cães.
*
12.
debora santos coelho (15 de fevereiro de 2010, 12:12), disse:

como pode alguem ter coragem de fazer essas barbaridades com esses seres indefesos,fiquei horrorizada com oq ví,triste é saber q tdo isso acontece e mtas pessoas incapazes de amar um animal,contribuem para isso,,,chega de crueldade e abandono,isso tem q ter fim
*
13.
Fátima Soratto (22 de fevereiro de 2010, 20:16), disse:

Fico enojada com situações como esta… Não acredito que um ser que se diz humano é capaz de fazer esta barbaridade!!!!Eu faria a mesma coisa com eles…
*
14.
Ângeça (1 de março de 2010, 22:06), disse:

Isso pe uma crueldade sem tamanho.Eles não podem se defender.Se estiverem de fato doentes, pq não uma morte digna, sem dor e sofrimento.Pq tamanha crueldade.São criaturinhas indefesas e que sentem dores e sofrem o mesmo que mós seres humanos bestas e irracionais.Vamos mudar isso gente.Basta!!!Cheg de tanta hipocrisia, de tanta ,maldade nesse mundo.Se não nascemos p ajudar e servir, pq nascemos.DEUS com certeza deve esta vendo tudo isso, e a justiça Dele é justa.Grças a Deus essas pobres criaturinhas estão livres da crueldade dos homens.Pobres de nós que ainda estamos aqui e somos obrigados a conviver com tamanha creldade.Nota zero.Sentimento d repugnancia e nojo de todos vcs.
*
15.
Ângeça (1 de março de 2010, 22:10), disse:

Estou a disposição de qquer ONG que esteja precisando de ajuda.meu e-mail está a disposição acima.Qro fazer a diferença.Bjos
*
16.
dayane (4 de março de 2010, 13:15), disse:

quero saber onde fica o canil aki em valadares pois quero adotar um vcs podem me ajudar por favor quando abri esse site e vias imagens de varios cães mortos chorei muito pois sou apaixonada por animais e não seicomo um ser humano pode ter o coração tão ruim desse jeito muito obrigada pela atenção e por favor me ajudem a adotar um .
*
17.
Ana Christina Cabral Gloria (13 de abril de 2010, 14:40), disse:

Esta luta tem q ser nossa. Tem q haver puniçao aos monstros da carrocinha e aos donos q deixam seus animais soltos na rua. Ontem mesmo, na minha rua, uma vizinha nova chamou os monstros para levarem um cachorro doente . Detalhe, o animal era dela. Fiquei INDIGNADA mas, nao tive como fazer nada pois , tenho minha mae em ksa e ela nao ia deixar eu pegar um animal doente. Apelo a toda sociedade valadarense para q nos unamos a favor dos animais de rua . Precisamos acabr com o centro de zoonoses e fazer funcionar um abrigo para animais de rua . Um lugar onde seja feita castraçao de animais, adoçao e onde os cachorros doentes fiquem em isolamento mas, com DIGNIDADE.NAO A EUTANASIA!
*
18.
liene (26 de abril de 2010, 09:19), disse:

é revoltante uma coisa dessas…tem que punir quem maltratada essas vidas tão inocente(essas crianças)…
*
19.
marinlava (17 de maio de 2010, 21:16), disse:

seu joao batista como o senhor pode exterminar caes sadios?acaso o senhor nao estudou para proteger os animais?é de uma crueldade sem tamanho oque é feito com esses pobres animais que so nos da alegria,ha um tempo atraz tinha um projeto para doaçoes que eu mesma presenciei na praça dos pioneiros oque foi feito este projeto?tire da gaveta,faça anuncios que em determinado dia tera doaçao para dar tempo da pessoa pensar se quer o animal ou nao,porque nao adianta pegar o animal no impulso e depois abandona-lo na rua.estou chocada co as fotos,quem é mesmo o animal irracional?
*
20.
Carolina (26 de maio de 2010, 22:31), disse:

Se entrassem na minha casa para pegar meu cachorro eu acabaria presa por agressão. Se chegassem a matá-lo minha pena seria mais longa ainda…

Extermínio de cães revela o descaso do CCZ de Governador Valadares | ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais

http://3.bp.blogspot.com/_4aduPNm0tyk/R6I2KRwt20I/AAAAAAAAAJs/HwcDcnxNWQI/s1600/meat_dog2.jpg

Um comentário:

  1. Olha, esta última imagem postada, nada tem a ver com o assunto do CCZ do Governador Valadares, não deixa de ser menos cruel, mas é de uma feira chinesa, pois é quase do conhecimento de todos os protetores que lá é muito comum o consumo de carne de cachorros.

    ResponderExcluir